skip to Main Content
Como Crescer Em Tempos De Crise

Como crescer em tempos de crise

A crise foi um tema bastante falado e discutido nos últimos tempos. Em um cenário em que os consumidores estão com medo de gastar e muitas empresas estão fechando suas portas, é natural pensar de forma pessimista diante da tempestade. Porém, “mar calmo nunca fez bom marinheiro” (Guibert Englebienne, da companhia Globant).

Mas como crescer em tempos de crise? É preciso encarar oportunidades nas dificuldades, e agir com foco para tirar proveito disso. Separamos algumas medidas básicas para te ajudar a fazer isso. Confira!

1 – Não siga a manada

Procure não pensar na crise o tempo inteiro, deixando com que o medo dos outros se torne o seu e acabe prejudicando as suas estratégias e escolhas. Não baseie sua empresa em cima do que as demais estão fazendo, pois a crise se manifesta de formas diferentes para cada setor. O que pode parecer ruim para o negócio de alguém, pode ser bom para o seu, e vice-versa. Esse é o grande momento de montar boas estratégias e inovar o mercado.

2 – Valorize uma boa equipe

Aproveite que esse é um período em que a maioria das pessoas estão pessimistas diante do mercado, e observe, dentro da sua equipe, quem se destaca com visões otimistas, boas ideias e soluções. Muitas empresas descobrem novos talentos em tempos ruins. Valorize os colaboradores que estão dispostos a enfrentar a tempestade e crescer junto ao seu negócio, assim como suas ideias e opiniões sobre o cenário atual.

Você pode se interessar nesse artigo sobre Proatividade no Trabalho!

3 – Observe e escute seu cliente

Em qualquer época, seu público sempre é o foco. Em tempos de crise, ele é ainda mais importante. Sempre observe e escute a opinião dos seus clientes, pois são delas que saem as melhores estratégias.

Além disso, se o comprador está em condições financeiras ruins, ele tende a procurar apenas os serviços em que sabe que terá total satisfação. Aproveite para melhorar o máximo possível a experiência do cliente com a sua empresa. Se possível, pense em novos serviços e benefícios que possam deixar o seu atendimento ainda mais completo.

Como exemplo, podemos analisar uma clínica médica. O estabelecimento que fará a diferença não será aquele que apenas oferece consultas. Mas sim uma clínica que disponibiliza aos clientes um site bem organizado e estruturado, com informações fáceis de achar e que tire todas as dúvidas do paciente. A possibilidade de agendamento, cancelamento e pagamento de consultas online, além de um retorno gratuito dentro de 15 dias, poupa tempo de quem tem a rotina corrida e oferece um benefício extra para o consumidor.

4 – Faça um bom planejamento de caixa

Mesmo que esse seja um período de inovações, é necessário ter mais responsabilidade do que nunca. Converse com sua equipe administrativa regularmente e veja quais as medidas devem ser tomadas (corte de gastos, lucro que pode ser investido em marketing e outros) e acompanhe de perto o movimento financeiro do seu negócio.

5 – Inove!

Pode parecer repetitivo falar em inovação o tempo todo, mas essa vai ser a ponte entre a sua empresa e o seu cliente. Usar a criatividade enquanto a maioria do mercado está “travado” devido ao medo da crise é o seu destaque nesse cenário. Solucionar velhos problemas com novas propostas vai chamar a atenção para a sua empresa e, quem sabe, até renovar o mercado.

Converse com quem lida diretamente com o cliente para entender quais são os pontos fracos, reclamações e sugestões que mais são escutadas. Falar com a equipe do comercial também é uma boa estratégia.

E, acima de tudo, seu crescimento durante a crise vai depender de esforço e determinação! Por isso, procure por oportunidades, não veja os desafios como barreiras.

Gostou das nossas dicas? Tem algo a acrescentar? Nos deixe um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top