skip to Main Content
O Que é Escrituração Contábil E Por Que Ela é Importante?

O que é escrituração contábil e por que ela é importante?

A relação entre empresas e contadores nunca foi tão próxima. Cada vez mais os termos e processos que envolvem os dois públicos estão sendo difundidos. Um deles é a escrituração contábil. Embora muita gente tenha uma ideia do que se trata, poucos entendem o que ela é com profundidade suficiente para dar a importância devida.

Já faz muito tempo que a escrituração contábil deixou de ser algo feito apenas para cumprir obrigações junto ao fisco. Conhecer mais sobre ela ajudará você a extrair mais benefícios para o seu negócio a partir do relacionamento com seu contador. Saiba como!

O que é e qual o objetivo da escrituração contábil?

No meio contábil e empresarial, a escrituração contábil é conhecida por outros nomes. Alguns deles são “escrituração mercantil”, “escrituração comercial”, “escrituração fiscal” ou mesmo “escrituração tributária”.

A escrituração contábil consiste nos registros de todos os fatos relacionados às atividades do seu negócio que são realizadas pelo seu contador. O profissional é responsável, por exemplo, pela produção de relatórios (Balanço Patrimonial e Demonstração de Resultado do Exercício), pelo envio de declarações (Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, SPED Fiscal e SPED Contábil) e pela apuração de impostos (IPI, ISS, PIS, Cofins e IRPJ).

Toda empresa, independentemente do seu porte ou ramo de atividade, deve manter sua escrituração atualizada. Dada sua importância no tratamento das informações, ela é feita seguindo técnicas específicas cujo aprendizado demanda do profissional muito estudo e dedicação.

Como a escrituração contábil é realizada?

O processo de escrituração contábil mune a empresa de informações valiosas que poderão ser utilizadas para fundamentar o processo de tomada de decisão. Isso acontece por meio de relatórios — como o Controle do Fluxo de Caixa e o relatório de faturamento —, com o objetivo de cumprir suas obrigações junto ao fisco, aos acionistas e à sociedade em geral.

A ação fundamental da escrituração contábil é o registro das movimentações realizadas pela empresa, que é feito ao se classificar em uma conta específica do Balanço Patrimonial uma determinada operação. Ela é feita respeitando os princípios que fundamentam a ciência contábil.

Um exemplo é a noção de que o empreendimento tem uma natureza própria (Princípio da Entidade). Por conta disso, é dever dos administradores e contadores não confundir o patrimônio da entidade com o dos sócios, ou seja, considerar que a entidade continuará suas operações no futuro — salvo exceções, como o Princípio da Continuidade e o registro de cada negociação realizada no período correto (Princípio da Competência).

Por que eu tenho que me preocupar como é feita a escrituração contábil do meu negócio?

Vamos fazer uma suposição baseada no mercado de varejo: você concorda que é muito mais seguro optar em comprar mais ou menos de uma mercadoria para revenda analisando o estoque e o comportamento dos consumidores nos últimos meses? Isso evita direcionar recursos para mercadorias que ficarão paradas nas prateleiras ou mesmo deixar de investir em momentos de alta nas vendas.

Da mesma forma, antes de admitir um funcionário, além de confirmar a existência da demanda de atividades que justifiquem essa nova contratação, é fundamental identificar se a empresa terá como arcar com todos os gastos trabalhistas futuros, não é mesmo?

Ao definir a política de crédito para seus clientes, você ficará muito mais protegido se antes analisar qual o prazo que você tem para pagar seus fornecedores e como está se comportando o índice de inadimplência do seu negócio. Certo?

Então, é nos relatórios gerados pela contabilidade, através da escrituração contábil, que você poderá encontrar esses e muitos outros dados que auxiliarão em decisões desse tipo. Porém, como mencionado, a escrituração contábil deve levar em consideração não apenas aspectos gerenciais, mas também tributários.

Portanto, aproveitamos essa deixa para informar que a maneira como a escrituração é realizada poderá variar dependendo desses dois pontos de vistas.

Qual é o papel do contador nesse processo?

Ter um contador competente e especializado à disposição fará toda a diferença no pagamento certo dos tributos da sua empresa e no envio correto de suas declarações. Esse trabalho evita dores de cabeça desnecessárias com os agentes governamentais fiscalizatórios e garante que seu empreendimento, seja ele do tamanho e segmento que for, esteja trilhando o caminho do sucesso.

Se você deseja ter um cotidiano mais tranquilo e garantir que seu negócio seja sustentável, não basta apenas terceirizar seu serviço contábil. É fundamental que ele esteja sendo realizado por profissionais competentes.

Além de dar mais segurança ao seu negócio, a parceria auxiliará na melhoria das suas rotinas, pois profissionais gabaritados irão realizar a escrituração contábil da maneira correta. Eles ainda auxiliarão a adequar seus processos internos de forma a alinhar suas tarefas administrativas com as técnicas necessárias à correta escrituração contábil, levando em conta aspectos gerenciais e contábeis. Logo, isso ajuda a dar mais clareza e agilidade à informação.

Que tal contar com a parceria de profissionais experientes? Conheça a Express Contabilidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top